quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Preâmbulo sem preâmbulos

Das Constituições
     
     




(Preamble) 
We the People of the United States, in Order to form a more perfect Union, establish Justice, insure domestic Tranquility, provide for the common defence, promote the general Welfare, and secure the Blessings of Liberty to ourselves and our Posterity, do ordain and establish this Constitution for the United States of America.






Assinada em 17 de Setembro de 1787
Efectivada em 21 de Junho de 1788.
Nós, o povo dos Estados Unidos, visando formar uma união mais perfeita, estabelecer a justiça, assegurar a tranquilidade doméstica, prover a defesa comum, promover o bem-estar geral e garantir os benefícios da liberdade para nós próprios e a nossa posteridade, ordenamos e estabelecemos esta Constituição para os Estados Unidos da América.












Constitution de 1791

(placée ensuite en tête de la Constitution de 1791)


L'Assemblée nationale voulant établir la Constitution française sur les principes qu'elle vient de reconnaître et de déclarer, abolit irrévocablement les institutions qui blessaient la liberté et l'égalité des droits.
- Il n'y a plus ni noblesse, ni pairie, ni distinctions héréditaires, ni distinctions d'ordres, ni régime féodal, ni justices patrimoniales, ni aucun des titres, dénominations et prérogatives qui en dérivaient, ni aucun ordre de chevalerie, ni aucune des corporations ou décorations, pour lesquelles on exigeait des preuves de noblesse, ou qui supposaient des distinctions de naissance, ni aucune autre supériorité, que celle des fonctionnaires publics dans l'exercice de leurs fonctions.
- Il n'y a plus ni vénalité, ni hérédité d'aucun office public.
- Il n'y a plus, pour aucune partie de la Nation, ni pour aucun individu, aucun privilège, ni exception au droit commun de tous les Français.
- Il n'y a plus ni jurandes, ni corporations de professions, arts et métiers.
- La loi ne reconnaît plus ni voeux religieux, ni aucun autre engagement qui serait contraire aux droits naturels ou à la Constitution.






A Assembléia Nacional, desejando estabelecer a Constituição francesa sobre a base dos princípios que ela acaba de reconhecer e declarar, abole irrevogavelmente as instituições que ferem a liberdade e a igualdade dos direitos. Não há mais nobreza, nem pariato, nem distinções hereditárias, nem distinções de ordens, nem regime feudal, nem justiças patrimoniais, nem qualquer dos títulos, denominações e prerrogativas que deles derivavam, nem qualquer ordem de cavalaria, de corporações ou condecorações para as quais se exigiram provas de nobreza, ou que supunham distinções de nascença, nem qualquer outra superioridade senão aquela de funcionários públicos no exercício de suas funções. Não há mais venalidades nem hereditariedade para qualquer cargo público. Não existe mais, para qualquer parte da Nação, nem para qualquer indivíduo, privilégio algum, nem exceção ao direito comum de todos os franceses. Não há mais corporações profissionais, de artes e ofícios. A lei não reconhece os votos religiosos, nem qualquer outro compromisso que seja contrário aos direitos naturais, ou à Constituição.





PREÂMBULO
Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.







“Devido Processo Legal”



Abuses by King John caused a revolt by nobles who compelled him to execute this recognition of rights for both noblemen and ordinary Englishmen. It established the principle that no one, including the king or a lawmaker, is above the law.

Preamble: John, by the grace of God, king of England, lord of Ireland, duke of Normandy and Aquitaine, and count of Anjou, to the archbishop, bishops, abbots, earls, barons, justiciaries, foresters, sheriffs, stewards, servants, and to all his bailiffs and liege subjects, greetings. Know that, having regard to God and for the salvation of our soul, and those of all our ancestors and heirs, and unto the honor of God and the advancement of his holy Church and for the rectifying of our realm, we have granted as underwritten by advice of our venerable fathers, Stephen, archbishop of Canterbury, primate of all England and cardinal of the holy Roman Church, Henry, archbishop of Dublin, William of London, Peter of Winchester, Jocelyn of Bath and Glastonbury, Hugh of Lincoln, Walter of Worcester, William of Coventry, Benedict of Rochester, bishops; of Master Pandulf, subdeacon and member of the household of our lord the Pope, of brother Aymeric (master of the Knights of the Temple in England), and of the illustrious men William Marshal, earl of Pembroke, William, earl of Salisbury, William, earl of Warenne, William, earl of Arundel, Alan of Galloway (constable of Scotland), Waren Fitz Gerold, Peter Fitz Herbert, Hubert De Burgh (seneschal of Poitou), Hugh de Neville, Matthew Fitz Herbert, Thomas Basset, Alan Basset, Philip d'Aubigny, Robert of Roppesley, John Marshal, John Fitz Hugh, and others, our liegemen.





      
Magna Carta
(Magna Charta Libertatum) 1.
João pela graça de Deus rei da Inglaterra, senhor da Irlanda, duque da Normandia e da Aquitânia, e conde de Anjou, aos seus arcebispos, bispos, abades, condes, barões, justiceiros, florestanos, sheriffe, administradores, ministros, e a todos os outros oficiais e leais súditos seus, Saudação.
Saibam que sob a inspiração de Deus, para o bem de nossa alma e daquela de todos os nossos ancestrais e de nossos herdeiros, para a honra de Deus e a exaltação da Santa Igreja, e para a melhor ordenação de nosso reino, com o conselho de nossos reverendos padres Stephen, arcebispo de Canterbury, primado de toda a Inglaterra, e cardeal da Santa Igreja Romana, Henry arcebispo de Dublin, William bispo de Londres, Peter bispo de Winchester, Jocelin bispo de Bath e Glastonbury, Hugh bispo de Lincoln, Walter bispo de Coventry, Benedict bispo de Rochester, mestre Pandulph sub-diácono e membro da corte papal, irmão Aymerio mestre dos Cavaleiros Templários na Inglaterra, William Marschal conde de Pembroke, William conde de Salisbury, William conde de Arundel, Aland de Galloway condestável da Escócia, Warin Fitz Gerald, Peter Fitz Herbert, Hubert de Brugh senescal de Poitou, Hugh de Neville, Matthew Fitz Herbert, Thomas Basset, Alan Basset, Philip Daubeny, Robert de Roppeley, John Marschal, John Fitz Hugh, e outros súditos leais:
1 – Em primeiro lugar, nós garantimos a Deus e por esta presente carta confirmamos, para nós e para nossos herdeiros, perpetuamente, que a Igreja inglesa será livre e desfrutará de todos os seus direitos e de suas liberdades sem que se possa diminuí-los, permanecendo intactos e invioláveis. Que nós desejamos que isso seja observado, ressalta do fato de que, de nossa própria e livre vontade, antes de se ter desencadeado a presente disputa entre nós e nossos barões, nós havíamos garantido e confirmado, por carta, a liberdade de eleições da Igreja – um direito reconhecido como o de maior necessidade e importância para ela – submetendo-a à confirmação do Papa Inocêncio III. Observaremos esta liberdade, e desejamos que ela seja observada de boa fé por nossos herdeiros, perpetuamente. Garantimos igualmente a todos os homens livres de nosso reino por nós e por nossos herdeiros, para sempre, todas as liberdades abaixo enunciadas, para que as tenham e conservem para si e para seus herdeiros, de nós e de nossos herdeiros:



      

This is a statement of the objectives of the 1628 English legal reform movement that led to the Civil War and deposing of Charles I in 1649. It expresses many of the ideals that later led to the American Revolution.

The Petition exhibited to his Majesty by the Lords Spiritual and Temporal, and Commons, in this present Parliament assembled, concerning divers Rights and Liberties of the Subjects, with the King's Majesty's royal answer thereunto in full Parliament.
To the King's Most Excellent Majesty,
Humbly show unto our Sovereign Lord the King, the Lords Spiritual and Temporal, and Commons in Parliament assembles, that whereas it is declared and enacted by a statute made in the time of the reign of King Edward I, commonly called Stratutum de Tellagio non Concedendo, that no tallage or aid shall be laid or levied by the king or his heirs in this realm, without the good will and assent of the archbishops, bishops, earls, barons, knights, burgesses, and other the freemen of the commonalty of this realm; and by authority of parliament holden in the five-and-twentieth year of the reign of King Edward III, it is declared and enacted, that from thenceforth no person should be compelled to make any loans to the king against his will, because such loans were against reason and the franchise of the land; and by other laws of this realm it is provided, that none should be charged by any charge or imposition called a benevolence, nor by such like charge; by which statutes before mentioned, and other the good laws and statutes of this realm, your subjects have inherited this freedom, that they should not be compelled to contribute to any tax, tallage, aid, or other like charge not set by common consent, in parliament.





Petição de Direitos – Petition of Rights (1628)


I.Os lordes espirituais e temporais e os comuns, reunidos em parlamento, humildemente lembram ao rei, nosso soberano e senhor, que uma lei feita no reinado do rei Eduardo I, vulgarmente chamada Statutum de tallagio non concedendo, declarou e estabeleceu que nenhuma derrama ou tributo (tallage or aid)seria lançada ou cobrada neste reino pelo rei ou seus herdeiros sem o consentimento dos arcebispos, bispos, condes, barões, cavaleiros, burgueses e outros homens livres do povo deste reino; que, por autoridade do Parlamento, reunido no vigésimo quinto ano do reinado do reinado do rei Eduardo III, foi decretado e estabelecido que, daí em diante, ninguém poderia ser compelido a fazer nenhum empréstimo ao rei contra a sua vontade, porque tal empréstimo ofenderia a razão e as franquias do país; que outras leis do reino vieram preceituar que ninguém podia ser sujeito ao tributo ou imposto chamado benevolence ou a qualquer outro tributo semelhante, que os nossos súditos herdaram das leis atrás mencionadas e de outras boas leis e provisões (statutes)deste reino a liberdade de não serem obrigados a contribuir para qualquer taxa, derramo, tributo ou qualquer outro imposto que não tenha sido autorizado por todos, através do Parlamento.






Significado de Preâmbulo
n.m.        
1. o mesmo que prefácio;
2. Designação de relatório que antecede uma lei ou que precede um decreto;
3. (Plural) Vocábulos utilizados de forma vaga, de forma a evitar ir diretamente ao assunto que se pretende; fazer rodeios.
(Etm. do latim: praeambŭlu)
Sinónimo de Preâmbulo
Antónimo de Preâmbulo
Antónimos: conclusãodesenlacedesfechoepílogo e fim
Definição de Preâmbulo
Classificação gramatical: nome masculino
Divisão silábica de preâmbulo: pre.âm.bu.lo

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Vir a Mundo de Perto

"Sei que desafino às vezes. Mas eu também desafino na vida”.
Maria Bethânia



Sem perder o mesmo brilho no olhar 


Em Pedrinha de Aruanda


Um nome Completo Com Acento Circunflexo


Sinal Diacrítico







Nélson Gonçalves - Maria Bethania (1945)


Enviado em 4 de set de 2010
By Capiba.
Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube
Música
"Maria Bethânia (feat. Caetano Veloso)" por Nelson Gonçalves ( • )


Pedrinha de Aruanda - Maria Bethânia,

de Andrucha Waddington (Brasil, 2007)
por Francis Vogner dos Reis











Bethânia Bem de Perto


Publicado em 7 de jan de 2016
"Bethânia Bem de Perto’ (1966), filme de Júlio Bressane, feito em 66 em preto e branco nos mostra Bethânia recém chegada ao Rio, para substituir Nara Leão no teatro, passeando pela cidade e na intimidade da sua casa com amigos como Macalé, Rosinha de Valença e Caetano Veloso.
Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube











Maria Bethânia Pedrinha de Aruanda


Publicado em 15 de out de 2012
A intimidade de Maria Bethânia a partir da comemoração de seu aniversário de 60 anos, celebrado durante uma apresentação em Salvador e numa missa em Santo Amaro, sua cidade natal, em 2006.
Lançamento 14 de setembro de 2007 (1h 1min)
Dirigido por Andrucha Waddington
Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube


A tua presença






Maria Bethânia
Capiba
 

Maria Bethânia
Tu és para mim,
A Senhora de Engenho
Em sonhos te vejo
Maria Bethânia
És tudo que tenho,
Quanta tristeza, sinto no peito,
Só em pensar,
Que o meu sonho está desfeito.

Maria Bethânia,
Te lembras ainda daquele São João ?
As tuas palavras,
Caíam bem dentro do meu coração,
Tu me olhavas, com emoção,
E sem querer,
Pus minha mão em tua mão.

Maria Bethânia,
Tu sentes saudades de tudo, bem sei,
Porém, também sinto,
Saudade do beijo que nunca te dei
Vejo que vives com esplendor,
Nos lábios meus
Para aumentar a minha dor.

Maria Bethânia,
Eu nunca pensei acabar tudo assim,
Maria Bethânia,
Por Deus eu te peço,
Tem pena de mim,
Hoje confesso, com dissabor,
Que não sabia, nem conhecia o amor!!!


Caminhemos



MARIA BETHANIA E NELSON GONÇALVES " CAMINHEMOS "
                                 


Enviado em 29 de nov de 2009
Linda música de amor, de Herivelto Martins, interpretada por Nelson Gonçalves e Maria Bethania.
Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube
Música
"Caminhemos (feat. Maria Bethânia)" por Nelson Goncalves, Maria Bethania ( • )


Maria Bethânia estreia programa sobre poesia no canal Arte 1
Sábado, 2 de Julho de 2016:



Cantora brasileira
Biografia de Maria Bethânia:
Maria Bethânia Viana Teles Veloso (1946), conhecida como Maria Bethânia, é uma cantora brasileira. As músicas, Ronda, Negue, Olhos Nos Olhos, Explode Coração e Tatuagem são algumas de suas grandes interpretações.
Maria Bethânia (1946) nasceu em Santo Amaro da Purificação, Bahia, no dia 18 de junho de 1946. Filha do funcionário dos correios José Teles e de Claudionor, conhecida como Dona Canô, começou a frequentar o meio artístico junto com o irmão Caetano Veloso. Em 1960 muda-se para Salvador, com o objetivo de estudar. Em 1963 estreou como cantora na peça Boca de Ouro de Nelson Rodrigues. Em 1964 participa do show “Nós, Por Exemplo”, ao lado de Caetano, Gal Costa, Gilberto Gil e Tom Zé, da inauguração do Teatro Vila Velha, em Salvador.
O dia 13 de janeiro de 1965 foi o início de uma consagrada carreira, ao se apresentar no show “Opinião”, no Rio de Janeiro, a convite da cantora Nara Leão. A música de protesto “Carcará” foi seu primeiro sucesso. Nesse mesmo ano foi contratada pela RCA e grava seu primeiro disco “Maria Betânia”. Em 1967, lança o segundo disco em parceria com o cantor e compositor Edu Lobo. Em 1976, junto com Caetano, Gal e Gil, formam a banda hippie “Doces Bárbaros” e excursionam por todo o Brasil.
Em 1993, lança o disco “As Canções Que Você Fez Pra Mim”, com músicas de Roberto e Erasmo Carlos, que fez um enorme sucesso. O ano 2000 também foi marcado por grandes encontros musicais. Em abril Bethânia se apresentou ao lado do tenor italiano Luciano Pavarotti, em Salvador. Em maio fez um show com Caetano Veloso no Pavilhão Atlântico em Lisboa, Portugal. Em dezembro, se apresentou, com Gilberto Gil, no Farol da Barra, em Salvador.
Em 2000, Maria Bethânia fez 35 anos de carreira que só foram comemorados em 2001, junto com o lançamento do álbum “Maricotinha”, no palco do Canecão, no Rio de Janeiro, quando reuniu os grandes nomes da MPB, entre eles, Chico Buarque, Caetano e Gilberto Gil. Depois de longos anos sem aparecer na TV, participou da homenagem ao cantor Erasmo Carlos pela passagem dos 50 anos de carreira, no programa Altas Horas. Na ocasião cantou músicas do álbum “As Canções Que Você Fez Pra Mim”.
Em 2012, Maria Bethânia lançou “Oásis de Bethânia”, o seu quinquagésimo álbum de estúdio, que conta com a participação de Lenine. Em 2014 a faixa título foi indicada ao Grammy Latino de Melhor Música Brasileira. Em 2015 a cantora completou 50 anos de carreira.
Informações biográficas de Maria Bethânia:
Data do Nascimento: 18/06/1946
Última atualização do biografia de Maria Bethânia: 07/01/2016.




Se uma cantora aprende a cantar e passa a cantar bem, muito bem, ela corre o perigo de cantar bem demais: ela corre o perigo de se tornar uma máquina de cantar, precisa e fria. Isso não acontece apenas com o cantor, mas com todo tipo de artista - pintor, poeta, músico. Gauguin dizia: quando aprender a pintar com a mão direita, passarei a pintar com a esquerda, e quando aprender a pintar com a esquerda, passarei a pintar com os pés. O cantor não tem tantas opções: seu risco é maior. Mas não entenda errado o que eu digo. Não estou dizendo que só quem não sabe cantar, canta bem. Estou dizendo que cantar bem não é cantar correto, segundo se afirma que é correto. Cantar bem é cantar como Bethânia canta: com calor da vida. E por isso que ela diz: "Sei que desafino às vezes. Mas eu também desafino na vida”.
Bethânia é aquele tipo de cantora que não deixa dúvida. A gente ouve e já sabe: uma intérprete excepcional. O que alguns discutem é se ela é ou não a maior cantora brasileira de hoje. Mas isso é uma discussão ociosa. O que é indiscutível é que algumas de suas interpretações, de músicas atuais ou do passado, atingem aquele ponto definitivo que as tornam insuperáveis. Ninguém esquecerá jamais a Bethânia do Carcará como ninguém esquecerá também a Bethânia de Anda Luzia. A estas se somam várias outras interpretações e neste disco mesmo podemos citar, apenas como exemplo, Se todos fossem iguais a você de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, ou a irônica recriação de Café Soçaite, para não falar em Baby, de Caetano Veloso, ou em Ele falava nisso todo dia, de Gilberto Gil. Isso define uma grande capacidade de criar a interpretação definitiva, dentro de determinada época, das canções nacionais. Bethânia é uma cantora nacional, deste país, enraizada nele, e na multidão de vozes e cantos que exprimem a nossa vida destaca-se a sua, bela, já turva, já iluminada, que canta por todos nós.







segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Pra onde Dilma será mandada



Tonga




Abanderado de Tonga Enloquece las Redes Sociales en Río 2016 | Pita Taukatofua Abanderado de Tonga




Tonga da Mironga do Cabuletê


2016


Repórter da rede NBC, Jenna Bush está no Rio de Janeiro trabalhando durante os Jogos Olímpicos
Por Da redação
access_time10 ago 2016, 10h35





Jenna Bush & Hoda Kotb - Body Oil Tonga Olympian






1970.


quinta-feira, 5 de abril de 2007
Toquinho e Vinicius de Moraes


Eu caio de bossa eu sou quem eu sou
Eu saio da fossa xingando em nagô
Você que ouve e não fala / Você que olha e não vê
Eu vou lhe dar uma pala / Você vai ter que aprender
A tonga da mironga do cabuletê
A tonga da mironga do cabuletê
A tonga da mironga do cabuletê
Você que lê e não sabe / Você que reza e não crê
Você que entra e não cabe / Você vai ter que viver
Na tonga da mironga do cabuletê
Na tonga da mironga do cabuletê
Na tonga da mironga do cabuletê
Você que fuma e não traga / E que não paga pra ver
Vou lhe rogar uma praga / Eu vou é mandar você
Pra tonga da mironga do cabuletê
Pra tonga da mironga do cabuletê
Pra tonga da mironga do cabuletê ko



1970.
Vinícius e Toquinho voltam da Itália onde haviam acabado de inaugurar a parceria com o disco “A Arca de Noé”, fruto de um velho livro que o poetinha fizera para seu filho Pedro, quando este ainda era menino.
Encontram o Brasil em pleno “milagre econômico”. A censura em alta, a Bossa em baixa. Opositores ao regime pagando com a liberdade e a vida o preço de seus ideais. O poeta é visto como comunista pela cegueira militar e ultrapassado pela intelectualidade militante, que pejorativa e injustamente classifica sua música de easy music.
No teatro Castro Alves, em Salvador, é apresentada ao Brasil a nova parceria.
Vinícius está casado com a atriz baiana Gesse Gessy, uma das maiores paixões de sua vida, que o aproximaria do candomblé, apresentando-o à Mãe Menininha do Gantois. Sentindo a angústia do companheiro, Gesse o diverte, ensinando-lhe xingamentos em Nagô, entre eles “tonga da mironga do cabuletê”,



 que significa “o pêlo do cu da mãe”.
O mote anal e seu sentimento em relação aos homens de verde oliva inspiram o poeta. Com Toquinho, Vinícius compõe a canção para apresentá-la no Teatro Castro Alves.
Era a oportunidade de xingar os militares sem que eles compreendessem a ofensa.
E o poeta ainda se divertia com tudo isso: “Te garanto que na Escola Superior de Guerra não tem um milico que saiba falar nagô”.

Fonte: Vinicius de Moraes: o Poeta da Paixão; uma Biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.
tocado por Luís Pini Nader às 16:15  







Vinicius de Moraes - A Tonga Da Mironga Do Kabuletê





Nagô é o nome que se dá ao iorubano ou a todo negro da Costa dos Escravos que falava ou entendia o Iorubá. Migeod (The Languages of West Afri. II, 360) assinala que nagô é nome dado, no Daomé (hoje República do Benin), pelos franceses ao iorubano: do termo da língua efé anagó.


Publicado em 13 de dez de 2012
Parte del disco "La Fusa" en Mar Del Plata, que registra el histórico show de Vinicius de Moraes, Toquinho y María Bethânia.

Eu caio de bossa
Eu sou quem eu sou
Eu saio da fossa
Xingando em nagô

Você que ouve e não fala
Você que olha e não vê
Eu vou lhe dar uma pala
Você vai ter que aprender
A tonga da mironga do kabuletê
A tonga da mironga do kabuletê
A tonga da mironga do kabuletê

Eu caio de bossa
Eu sou quem eu sou
Eu saio da fossa
Xingando em nagô

Você que lê e não sabe
Você que reza e não crê
Você que entra e não cabe
Você vai ter que viver
Na tonga da mironga do kabuletê
Na tonga da mironga do kabuletê
Na tonga da mironga do kabuletê

Você que fuma e não traga
E que não paga pra ver
Vou lhe rogar uma praga
Eu vou é mandar você
Pra tonga da mironga do kabuletê
Pra tonga da mironga do kabuletê
Pra tonga da mironga do kabuletê
Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube


Por josé luiz (SP) em 11-09-2009
Significado de Tonga:
[Geog.]- O Reino de Tonga é um país insular da Oceania ,
situado na região a da Polinésia. Seu território é formado
por cerca de 170 ilhas, divididas e 3 grupos, das quais ape-
nas 36 são habitadas. As ilhas situadas ao sul são coralí-
neas e as do norte têm origem vulcânica. Tem cerca de 100
mil habitantes e sua capital é a cidade de Nukualofa. Suas
línguas oficiais são o inglês e o tonganês e a religião predo-
minante é o cristianismo ( 43%)


Exemplo do uso da palavra Tonga:
A economia de tonga se baseia no turismo, na pesca e nas
operações financeiras internacionais.




2014





Publicado em 12 de jun de 2014
Dilma é hostilizada durante abertura da Copa do Mundo
"Ei Dilma vai tomar no ***" dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada dilma xingada
Categoria
Licença

Licença padrão do YouTube









CELEBRATING A BIRTHDAY IN TONGA!!!

Do mandado de intimação a Dilma Rousseff...

...à fase final de julgamento do impeachment


Três meses e treze dias se passaram


3 e 13


   
Da Redação | 12/05/2016, 07h11 - ATUALIZADO EM 12/05/2016, 08h51





00:0001:44
Na manhã desta quinta-feira (12), o 1º secretário do Senado, senador Vicentinho Alves (PR-TO), levará à presidente Dilma Rousseff mandado de intimação assinado pelo presidente da Casa, Renan Calheiros, comunicando a instauração do processo de impedimento por crime de responsabilidade.
No mandado de intimação, Renan Calheiros lembra que a Câmara dos Deputados autorizou a instauração do processo e que o Senado admitiu o seu prosseguimento em sessão iniciada no dia 11 de maio e encerrada na manhã desta quinta-feira (12).
Segundo informa o documento, a presidente deverá ficar afastada de suas funções até a conclusão do julgamento do processo de impeachment pelo Senado ou até 180 dias como determina a Constituição.
No período de afastamento, Dilma Rousseff manterá as prerrogativas do cargo relativas ao uso da residência oficial, segurança pessoal, assistência à saúde, transporte aéreo e terrestre, remuneração e equipe a serviço no gabinete pessoal.
Presidente do Supremo
Renan Calheiros também informou que às 16h desta quinta-feira (12) haverá uma reunião da Mesa Diretora, com a participação do presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que assumirá a presidência do Senado para os fins do processo de impeachment.
Também devem participar o presidente da Comissão Especial, Raimundo Lira (PMDB-PB), o relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) e líderes partidários.
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)






Advogado do Diabo Vs Homem de Gelo - Fase Final Julgamento Impeachment




Publicado em 26 de ago de 2016
Advogado do Diabo Vs o Homem deGelo - Fase Final Julgamento Impeachment

INSCREVA-SE NO CANAL: https://goo.gl/ej00pO
FACEBOOK: https://goo.gl/QEmiwG
LINK DESTE VIDEO: https://youtu.be/BCiEvBQDzr4

Congresso Nacional - Senado Federal - Fase final Julgamento Presidente Dilma Roussef

25 de Agosto de 2016.
Categoria
Licença
Licença padrão do YouTube